O Cemitério [Stephen King]

Você tem um gato. Mora em uma casa, a rua dessa casa é uma estrada perigosa. Não há outras residências ao redor, a não ser os seus vizinhos em frente: um casal de velhos que possuem o conhecimento de um cemitério animal atrás de sua casa. Não achou aterrorizante?

E se eu te contasse que, um pouco além desse cemitério, há um lugar onde antigos índios enterravam seus mortos?
Exatamente, isso mesmo, outro cemitério.

Normal? Ok, esse cemitério possui forças sobrenaturais capazes de alterar o ciclo natural da vida. O que isso significa? Qualquer ser enterrado naquele lugar pode voltar a andar, mas nada garante que ele volte como era antes.

Nada garante que um bom animal ao ser enterrado ali, após ter morrido, se torne a pior praga do lugar. E o que dizer se, no caso, for uma pessoa?

Essa é a síntese da história contada em “O Cemitério”, de Stephen King. Reserve um tempo para ler esta obra, realmente vale a pena.


“Louis Creed, jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine.Uma casa boa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos. Num dos primeiros passeios para explorar a região, conhece um cemitério no bosque próximo à sua casa.  Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério.

Ano de publicação: 1998 Páginas: 243
Ano de publicação: 1998
Páginas: 243

Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. A princípio, Louis se diverte com as histórias fantasmagóricas do velho vizinho Crandall. Só aos poucos começa a perceber que o poder de sua ciência tem limites. Prepare-se para páginas de puro pavor. Em uma de suas mais terríveis histórias, Stephen King mostra como a dor e a loucura, muitas vezes, dividem a mesma estrada”.


É daquelas histórias que te faz pensar o quanto pode estar cometendo um erro ao tentar alterar a ordem natural das coisas.

Nada acontecerá da maneira que você deseja. Não precisamos esquecer uma determinada pessoa para deixá-la ir.

Como foi minha primeira leitura do autor e me fez apaixonar pelo seu modo de escrever, indico a obra para aqueles que estão querendo começar a entrar no aterrorizante mundo de Stephen King.

Boa leitura, boa viagem!

– Dlieri.

Já leu, não tem ninguém para conversar sobre e quer encontrar pessoas que também o fizeram? Dê uma olhada aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s